Torta de Amêndoa com Doce Direito de Gila

Para aqueles que não ambicionam Lamborghinis nem se perdem por sushi chinês, o equilíbrio pode fazer concorrência à felicidade e ao binómio dinheiro + bom sexo na lista de projetos de vida, se é que me entendem (caso me entendam, por favor, depois expliquem-me, pois perdi-me no raciocínio). Por isso, atendendo a essa faixa da população, preparámos algo deveras especial. Uma torta, na sua versão clássica de amêndoa, com um doce, também ele um tradicional de gila, mas super direito. … Ler mais

Peter Pan e o Cogumelo do Tempo(ral)

Peter Pan – Pedro Pancrácio segundo o registo civil – era um nanico de gente. Estava ali entre o seminanismo e o infantiloide, mas nada que lhe retirasse a grandeza de sonhar alto. Tão alto que, jurava ele, voava acima dos outros. Não era assim tão leve quanto isso, e ainda que muitos dele tivessem pena, devido aos seus extraordinários devaneios, não era pena suficiente para lhe dar sustento nas asas. Digamos, a bem da verdade, que não era tolo. … Ler mais

Coisas da Burrice

Ler mais

Empadas de Marisco Sem Marisco

Esta receita – devemos usar de sinceridade desde logo – NÃO é para principiantes. Qualquer um pode saber ou aprender a fazer empadas. Dominada a técnica base, qualquer inexperiente pode arriscar umas boas empadas com marisco, mas dominar o métier ao ponto de dispensar o próprio marisco numas empadas de marisco, meus amigos, e até caríssimos inimigos, isso não é para qualquer um. Assim, colocados amadores e profissionais no devido lugar do escrutínio, continuemos para este soberbo bingo do receituário … Ler mais

A Tola

Não gostava do que sentia, mas sabia bem o que era, do que se tratava. Aquele aperto no peito. A vontade de fugir dali. De se esconder. De deixar de existir. Ou apenas a vontade inexplicável de fechar a boca da mãe. Mandá-la calar-se. Obliterá-la para sempre da sua vida. Sabia bem o que lhe ia lá dentro. O que lhe turvava a mente. Sentia-se mal também por isso. Por saber exatamente o que estava a sentir, mas não podia … Ler mais

Coisas da Música e Não Só

Ler mais

Bolo de Coco Recheado com Doce de Ovos

Lembra-se do Quindim Quindera? (Se sim, que maravilha de memória! Se não, não tem a menor importância. Não ficamos magoados por dá cá aquele Quindim.) Esta receita é um Quindim ao contrário, ou seja, leva mais coco do que ovos, caso contrário, seria Quindim. Neste caso ainda, ovos e coco não se ligam diretamente na massa, sendo trabalhados à parte, ele, o coco, na massa do bolo, eles, os ovos, no creme do recheio. Feito o bolo, corte-o ao meio, … Ler mais

O Quebra-Nozes – A Tão Aguardada Versão Sem Ratazanas

Quebra-Nozes era um tipo intrépido e temerário. Era como se a inconsciência da infância e a ousadia da juventude jamais o tivessem abandonado, ou sequer moldado para traços de caráter mais consentâneos com os seus 30 anos. Qualquer coisa que se aproximasse de responsabilidade ou que ficasse geograficamente mais perto de bom-senso, ou apenas algo que lhe concedesse uns meros segundos para pensar antes de agir, ou abrir a boca, por onde vomitava todo o tipo de verdades e estas, … Ler mais

Coisas Ainda do Ano Novo

Ler mais

Massa Folhada com Qualquer Coisa

Liberdade, autodeterminação, inclinação absoluta pelo apetite do momento, hipótese de não forçar a uma indesejada saída de casa para comprar ingredientes e apenas usar o que se tem em casa. É tudo isto que aqui levamos à mesa. Atrevemo-nos mesmo a dizer que é a segunda receita mais democrática e liberal, sendo a primeira, Apenas Qualquer Coisa, imbatível no primeiríssimo lugar de qualquer pódio planetário. Única preocupação: ter mesmo massa folhada, mas se encontrar massa quebrada perdida no frigorífico, também … Ler mais

« Older posts

© 2019 Absinto Muito

Theme by Anders NorenTopo ↑