Sobre os Imbecis

Quem são? O imbecil não obedece a uma fisionomia específica que o distinga dos demais humanos. Ainda assim, o imbecil é um indivíduo peculiar. Um olhar atento descortina um imbecil a milhas de distância e nem necessita que o imbecil abra a boca, altura em que se torna óbvio estar-se na presença de um imbecil. O imbecil expõe-se alegremente, na medida em que desconhece a sua condição de imbecil. No fundo, fisicamente, são tipos iguais a quaisquer outros, mas algo … Ler mais

Coisas da Careca

Ler mais

Pastéis de Massa Tenra Com Vista Desafogada Sobre a Cidade

Trendy e urbana, esta é receita aí para um 17.º andar, no mínimo dos mínimos. Pense alto. Muito alto. Tudo depende da melhor vista sobre a cidade que conseguir. Não se aplica a vilas ou aldeias, lamentamos. Faça pastéis. Assegure-se de que a massa é tenra e não folhada ou quebradiça. Há muito quem enverede pelo caminho errado e, depois, não há boa ou bela vista que salve a receita. Feitos os pastéis, vá para o terraço, varanda ou mera … Ler mais

Juro-te Que Não Dormi Com Ele!

“Juro-te que não durmo nem dormi com quem quer que seja. Acredita, pois é a verdade.” Não sabia que mais fazer para o sossegar. Para o convencer da verdade. Para que ele, tal como ela, aceitasse o que realmente acontecera. O que era verdadeiramente verdade. Que ela jamais dormira com qualquer outro homem, desde que o conhecera. Desde que estavam juntos. Desde há nove anos, altura em que aquele amor sereno e tranquilo entrara nas suas vidas. Sim, ambos tinham … Ler mais

Coisas da Protuberância

Ler mais

Azevias de Castanha Azul

Não somos fãs de castanhas castanhas pelo que as nossas são azuis. Caso não encontre castanhas desta qualidade, pinte as suas num bonito tom de azul. Coza as castanhas azuis em água quente apenas com sal. Passe-as depois pelo passe-vite – não caia na asneira de usar um qualquer robô de cozinha, pois não estão preparados para castanhas azuis – e reserve esta apetitosa pasta macia. O passo seguinte é óbvio, é colocar pequenas porções do puré de castanhas azuis … Ler mais

O Flautista de Hamelin, O Hacker e Um Caso de Falta de Escrúpulos e Outros Crimes Hediondos

O anúncio era claro e irresistível e andava, há semanas, a circular na internet, por tudo quanto era sítio da especialidade, sendo desmesuradamente postado e replicado nas redes sociais de gente daquele restrito e secreto meio. “Procura-se génio em programação especializado em vírus e firewalls. Cem milhões de euros a pronto, para trabalho pontual.” Inicialmente, aquilo mais não parecia do que um vírus, pelo que todos receavam abrir a mensagem, menos ainda dar-lhe resposta, segundo algumas encriptadas indicações, nas … Ler mais

Coisas da Tração

Ler mais

Empadas de Vitela

Esqueça as empadas de galinha. O grande hit do momento, top of the tops das empadas está todo vocacionado para a vitela. São modas, dirão alguns. Pois sim, mas é atrás delas que nos orientamos. Compre vitela. Aliás, as empadas são boas se usar vitela que tenha cozinhado na véspera, estufada, por exemplo, ou no forno. Com os restos dessa carne, faça uma boa frigideira com imensos vegetais e outros ingredientes aos quais adicionará a carne desfiada. Coloque pequenas porções … Ler mais

Não Há Narizes Bonitos

Era o início de um novo ano. O que queria isso realmente dizer? Não é o tempo, afinal, uma linha contínua que apenas a mente humana descontinua a fim de melhor se organizar? A fim de tentar encher e preencher o tempo com mais e mais coisas? Em que é que as 24 horas de dia 31 de dezembro se distinguem das 24 horas de dia 1 de janeiro, ou de quaisquer outras 24 horas? Mesmo para quem gosta de … Ler mais

« Older posts

© 2018 Absinto Muito

Topo ↑