Mês: Junho 2017 (pagina 1 de 2)

Coisas da Medição

Ler mais

Casco de Santola com Cerveja Preta de Pressão e Algo Mais

Ideal para dias quentes e festas com os amigos, esta é a receita que faz sucesso em qualquer ambiente, da tasca ao palacete, sendo que preferimos a tasca, ou, vá lá, a cervejeira, ou a casa do Zé – sempre nos esquivamos a lavar a louça no fim, não é Zé? Arranje um casco de santola vazio, ou compre uma santola inteira e venda o miolo. Encha-o de cerveja preta de pressão. Somos muito exigentes em relação ao gás e … Ler mais

Pinóquio ou a Miúda Viciada em Encontros Online

Helena Gregório Góis tinha jurado a si própria que jamais, jamais mes-mo, voltaria aos sites de encontros, aos blind dates, aos arranjinhos casamenteiros da mãe, tias e amigas, aos encontros forçados com ‘rapazes muito jeitosos, honestos e trabalhadores’. De resto, nunca se sentira atraída por jeitosos, honestos e trabalhadores. Os primeiros eram demasiado vaidosos. Os segundos, demasiado maçadores e os últimos demasiado desinteressantes. Os primeiros raramente a olhavam como merecedora do seu charme, aos segundos faltava criatividade e aventura … Ler mais

Coisas do Sexo

Ler mais

Bolo de Ananás com Caramelo

Confecionamos a receita, ao mesmo tempo que a vamos escrevendo, já que estamos em pleno processo criativo de uma nova e nunca antes vista ou saboreada receita de Bolo de Ananás com Caramelo, naquele que pode ser considerado o mais louco laboratório de culinária do universo. É mentira! Estávamos a gozar. O que até é bom, já que quer dizer que o bolo já foi testado e que funciona. O melhor, para não baralhar, é que faça um pão de … Ler mais

Petinga e Toio Uindo

Desde que se lembrava de ser gente, o que pode ter tardado, tendo em conta o pouco espaço de armazenamento na sua memória, que Inácio Boaventura Petinga sabia o que queria da vida: lidar touros, ou melhor, toiros, como pelas vastas campinas se dizia. Sonhava entrar numa praça apinhada de gente entusiasta, que gritaria o seu nome e o incentivaria a pegar a besta pelos cornos. No centro da mesma, ele. Ele de peito feito para o destino, olhos nos … Ler mais

Coisas da Indumentária

Ler mais

Ameijoas à Bulhão Pato

A bem da verdade, desde que Bulhão Pato morreu que qualquer prato com esta designação é apenas publicidade enganosa. Importa por isso esclarecer o pretensiosismo da receita, para que todos saibam ao que vão. Podemos ser loucos, mas jamais poderão acusar-nos de mentirosos. A receita ficou escrita, é bem verdade, mas a mão intuitiva faleceu. Todavia, como tudo tem remédio e ameijoas ainda há com fartura, cá nos temos vindo a desenrascar. Assim, vai precisar deste tipo de conchas marinhas, … Ler mais

A Galinha dos Ovos de Ouro ou o Gigolo e a Avozinha

Jani ajeitou o avental, no qual, sobre o fundo preto 100% algodão, se espreguiçava, a bege, o esboço do corpo – apenas do corpo, decepado no ponto exato em que começava a cabeça de Jani – de um Adónis indescritivelmente perfeito, musculado, másculo e jovem. Também ele se sentia assim, poderoso, sedutor e ainda mais sexy do que o seu avental. Por baixo deste, Jani usava apenas a sua pele, exfoliada, hidratada, eternamente bronzeada e suavemente perfumada. Assim deve ser … Ler mais

Polvo à Feira (Uma Qualquer)

Mais simples é praticamente impossível. Compre um polvo. Procure uma feira. Leve o polvo até à feira. Pronto. Já está. Cuidado com o pó e com o povo, em caso de alergia, claro está. Atenção: o sucesso da receita depende da sua capacidade de ficar longe da barraca do algodão doce, do túnel da morte e do homenzinho bala. Fora isso, qualquer local do recinto é indicado.

Não encontra uma feira ou não se quer dar a esse trabalho? Nesse … Ler mais

Older posts

© 2017 Absinto Muito

Topo ↑