Mês: Agosto 2018 (pagina 1 de 2)

Coisas da Entoação e do Desconhecimento

Ler mais

Aletria Convencional Disruptiva

Aletria, para quem aterrou no planeta culinária há apenas duas colheres de sobremesa, é a filha mais nova do esparguete. Para os que adoram uma metáfora mais bélica ou apenas militar, digamos que a aletria está para o esparguete como o cabo raso para o general, ou seja, ainda lhe falta músculo e experiência para chegar lá. Satisfazendo agora os mais literatos, esta massa é a versão liliputiana do esparguete, todo ele mais encorpado e orgulhoso do que a pequena … Ler mais

Isso Vai Lá Com o Bico de Uma Faca

Em toda a sua vida, o único instrumento, ferramenta ou auxílio de que alguma vez necessitara esteve sempre à distância da gaveta dos talheres, no bico de uma faca, no fio de uma navalha. Jamais lhe falharam. Jamais desapontaram. Mesmo velhas, mesmo ferrugentas, mesmo rombas. Com elas enfrentava o pescoço resistente de uma galinha em vésperas de ser canja, os tenros caules da couve para o reconfortante caldo que se quer verde, o parafuso que teima em não rodar, a … Ler mais

Coisas da Criminalidade

Ler mais

Caldo Verde de Outras Cores

É um clássico, verdade? É, sim senhor. Faça tufão ou chuva de estrelas, cai sempre bem. Está para as sopas como a Bairrada para o leitão, ou algo do género. Nesta senda pelas paisagens tradicionais da típica cozinha de nossos avós, aqui fica a sopa mais sopa de todo o Portugal e ilhas adjacentes, incluindo Berlengas, Selvagens todos os ilhéus e ainda aquelas outras ‘desocupadas’. Mas porque o nosso olhar é fresco, distinto e visionário e ainda porque os novos … Ler mais

Gulliver, o Homem Montanha ou Aquele Colosso de Indivíduo

Preso a uma cama de hospital, onde descansava um estranho, inexplicável e profundo coma, Gulliver assemelhava-se a um raro, ou até já extinto, mastodonte de outras eras e de estranhas paisagens terrestres. Uma montanha de matéria humana, um promontório de gente. Um colosso disputado por feiras de horrores e outras macabras atrações. De costas, estirado naquela cama minguada, por onde todos os seus membros escapavam, para enorme desassossego de enfermeiras e equipa médica – o que acabaria por forçar macas … Ler mais

Coisas do Tamanho

Ler mais

Sopa Fria de Cenoura e Laranja com Crème Fraîche de Salsa

Ui! O que esta receita tem de sofisticação e de lições de francês já dava para satisfazer o palato mais requintado. Vai precisar de dicionário de francês, mas antes disso, faça a sua sopa de cenoura preferida e deixe-a arrefecer. Adicione-lhe laranja ou apenas sumo desta – vai depender da espessura que quiser dar ao caldo – e, só depois, o crème fraîche, que é um produto lácteo, diríamos nós, entre o requeijão e a manteiga, estamos em crer, … Ler mais

Um dia Inesquecível Para Esquecer

No seu minúsculo berço, os Segundos choravam a bom chorar, se bem que o mais correto seria a mau chorar. Não que chorassem mal, até mostravam alguma perícia e certo pendor para aquela atividade gutural, que já lhes parecia vir da mais recôndita gruta gástrica, tal era o empenho e o esforço despendidos em tal tarefa. Mau, apenas porque isso estava a stressar a pequenada mais crescida, que tentava dormitar na divisão ao lado, com os Minutos já em plena … Ler mais

Coisas da Inexistência

Ler mais

Older posts

© 2018 Absinto Muito

Theme by Anders NorenTopo ↑