Mês: Julho 2019 (page 1 of 2)

Empadão de Alheira de Caça com Espinafres

Em homenagem a Manuel, que é Alegre, e a outros felizes e contentes, aqui fica uma receita reconfortante e cheia de classe. Classe alta, que os da baixa nem sabem o que são codornizes, quanto mais perdizes, faisões ou lebre, já para não mencionar o portentoso javali. Tudo começa da seguinte forma.: Levante-se de madrugada e vá à caça, com a sua Purdey, a sua bonita boina de fazenda de lã com espinhado miúdo ou com um padrão de xadrez … Ler mais

Gostava de Vos Falar Dela

Gostava de vos falar dela. Desta mulher, quero eu dizer. Tenho o peito cheio dela e de coisas dela, e de como lhe aconteceram, e de como as relata, e da cor que lhes dá, e do vocabulário que emprega para as contar com vivacidade e humor. Tenho a cabeça cheia de histórias inacreditáveis que lhe aconteceram, ou que sucederam a gente que conhece de perto, ou que apenas inventa para manter a atenção da sua audiência. Sim, claro, ela … Ler mais

Coisas da Perfeição

Ler mais

Bolo de Cenoura Mesmo Boa e Avelãs Mais ou Menos

Agregue, num sofisticado complô, uma pilha de cenoura mesmo, mesmo boa, daquela com imensa qualidade, muito bem picada no picador, ou bem, bem ralada por si. A cenoura não é o mais sensível dos seres vegetais, mas há coisas que a ralam sobremaneira. Rala-se imenso, por exemplo, com gente mal-educada, bicas mal tiradas e alguns tons de lilás. Avalie o temperamento da sua cenoura e perceba aquilo que realmente a tira do sério. Depois de bem ralada, essa pirâmide de … Ler mais

O Corvo que Queria Ser Águia e o Complexo Universo Imobiliário

Gustavo Guilherme olhava o placard como quem se vê ao espelho. Afixado, em local de passagem, bem visível a toda a empresa, e precedido do seu nome, o seu rosto, fixado para a eternidade numa foto em que se achava no seu melhor, com a inestimável legenda: “Empregado do ano”. Rejubilava de orgulho. Gustavo Guilherme, empregado do ano. Não do dia. Não da semana. Não do mês. Nada de banalidades comezinhas. Para ele tudo. Em grande. Empregado do ano. Quer … Ler mais

Coisas de Terráqueos

Ler mais

Salada de Cuscuz com Peixe e Laranja

URGhhh. Soa mesmo mal, não soa? Mas garantimos que soa bem pior do que sabe. Salada, bem se percebe, é uma coisa maravilhosa. A mais permissiva, despudorada e menos moralizadora das confeções culinárias. Uma verdadeira Maria vai com todas e com todos. Numa salada, não há tabus nem restrições. A salada é o prato poliamoroso por excelência. Ela é a rainha das orgias culinárias. O que é que uma salada não pode incluir? Tudo lhe é permitido, e com ela … Ler mais

E Se Tivesse Sido Ela?

Não era a primeira a ser traída. Meus Deus! Na história da humanidade, na listagem de todas as traições já cometidas, qual seria o seu número? A contabilidade já devia ir em infinito mais qualquer coisa. Pior do que a traição em si – um ato que pode apenas indignar a vítima, que assume um ponto de vista, uma afetação e uma dor que ninguém mais se atreve a experimentar, não por falta ou excesso de empatia, mas por, eventualmente, … Ler mais

Coisas da SenilIdade

Ler mais

Migas com Carne Temperada Assim-Assim

Migas!!!! Mais uma receita a pensar em todas vós. Façam pause nessa interminável dieta, a qual, por esta altura, é bem visível não estar a resultar, e rumem ao poético Alentejo para uma necessária dose de gordura capaz de repor os níveis de felicidade a um defunto. Sim, falamos de banha, toucinho, frituras, pão e muita carne de porco alentejano, preto ou branco (que não nos apanham em racismos, nem mesmo na cozinha), também ela frita em muita gordura. Claro … Ler mais

« Older posts

© 2019 Absinto Muito

Theme by Anders NorenTopo ↑