Categoria: Risota de Gambas (page 1 of 15)

Salada de Búzios com Futuros Risonhos

Ideal para mães de santo. Não apenas é uma receita deliciosa como poucas outras, como ainda recicla as conchas dos búzios – quase um oxímoro –, os quais poderá utilizar em leituras futuras, que o destino esconde-se em coisas tão alternativas quanto carapaças de moluscos e assim, como bem sabem os videntes deste e de outros mundos, universos paralelos incluídos, que aqui não somos de exclusões. O busílis da questão, aqui, é ter o tipo de búzios certo, já que … Ler mais

Falhados de Frango e Legumes

Felizmente, não nos pedem frangos falhados, nem saberíamos onde procurá-los, exceto se falhado fosse um eufemismo de frango do aviário, esses infernos onde nascem e crescem os mais desafortunados galináceos do planeta. Assim, a tarefa surge, desde logo, mais exequível. Pelo que julgamos saber, o falhado de que aqui se fala é daqueles pastéis de massa… folhada, é isso. Assim, estenda a dita massa, que também pode ser um total falhanço, logo depois de feita com aquela dose incerta de … Ler mais

Tapas de Tomate e Queijo

Alerta inicial: Falamos de TAPAS, com T e não de Papas, com P. Agora, sim, vamos lá. As tapas são apenas pequenas e insignificantes entradas e não aquilo que os amigos mais forretas teimam em servir-nos como refeição principal, em jantares em que começamos por poupar nos couverts, porque estamos mesmo a pensar naquele tornedó de 500 g, para, só depois de acabarem aquelas pequenas tostinhas com coisas, percebermos que perdemos o jantar completo. Que era apenas aquilo. Fora … Ler mais

Bolo de Figos e Laranja

Não fossemos nós exímios na sofisticada arte da culinária e esta seria uma receita impraticável. Senão, vejamos, quando é época de figos ainda não está na altura das laranjas e quando estas clamam para serem colhidas, nem sombra de figos ou afins. Uma quase impossibilidade, não fosse – lá está, mais uma vez, o fator coadjuvante – a nossa despensa estar melhor munida do que o saco do Sports Billy (Google it). Entre laranjas de estufa, ou figos de conserva, … Ler mais

Pastéis de Queijo de Cabra e Mel de Abelha E Não de Outro Inseto

A ordem das pertenças é, aqui, determinante. O queijo tem mesmo de ser de cabra (ninguém condensa o leite como uma boa cabra) e o mel tem forçosamente de ser de abelha (nenhum outro inseto é tão mãos largas no que toca à partilha de doce). Se só tem em casa mel que não seja de abelha e queijo que não seja de cabra… Não invente. Esqueça as búfalas e os grilos da vida, que nenhum dos dois é exímio … Ler mais

Omelete de Brócolos Com Flores Comestíveis

Tal como, na matemática, se pode trocar a ordem dos fatores sem alterar o resultado, graças à propriedade comutativa da multiplicação, também aqui é igual, mas não ao litro, pois tratamos de sólidos. Ou seja, se preferir omelete de flores comestíveis com brócolos, vai dar no mesmo. Isto porque não estamos a pensar enfeitar a omelete com flores comestíveis e sim juntar tudo na frigideira, pelo que vai dar rigorosamente ao mesmo lugar, ou seja, a um prato estranho para … Ler mais

Salada de Pasta Del Mar

Há quem mate por uma boa pasta del mar. Já nós, (bem que podíamos ser uma ilha) sortudos, aqui neste pequeno e simpático retângulo ladeado de mar em dois dos seus lados (tontos dos espanhóis), temos del mar com fartura. De tal forma que até alugamos a estrangeiros que para cá queiram vir de férias, que o clima é ótimo e a comida do melhor que há. Assim, só precisa de ter uma pasta, ou marmita, que a forma … Ler mais

Torta de Amêndoa com Doce Direito de Gila

Para aqueles que não ambicionam Lamborghinis nem se perdem por sushi chinês, o equilíbrio pode fazer concorrência à felicidade e ao binómio dinheiro + bom sexo na lista de projetos de vida, se é que me entendem (caso me entendam, por favor, depois expliquem-me, pois perdi-me no raciocínio). Por isso, atendendo a essa faixa da população, preparámos algo deveras especial. Uma torta, na sua versão clássica de amêndoa, com um doce, também ele um tradicional de gila, mas super direito. … Ler mais

Empadas de Marisco Sem Marisco

Esta receita – devemos usar de sinceridade desde logo – NÃO é para principiantes. Qualquer um pode saber ou aprender a fazer empadas. Dominada a técnica base, qualquer inexperiente pode arriscar umas boas empadas com marisco, mas dominar o métier ao ponto de dispensar o próprio marisco numas empadas de marisco, meus amigos, e até caríssimos inimigos, isso não é para qualquer um. Assim, colocados amadores e profissionais no devido lugar do escrutínio, continuemos para este soberbo bingo do receituário … Ler mais

Bolo de Coco Recheado com Doce de Ovos

Lembra-se do Quindim Quindera? (Se sim, que maravilha de memória! Se não, não tem a menor importância. Não ficamos magoados por dá cá aquele Quindim.) Esta receita é um Quindim ao contrário, ou seja, leva mais coco do que ovos, caso contrário, seria Quindim. Neste caso ainda, ovos e coco não se ligam diretamente na massa, sendo trabalhados à parte, ele, o coco, na massa do bolo, eles, os ovos, no creme do recheio. Feito o bolo, corte-o ao meio, … Ler mais

« Older posts

© 2019 Absinto Muito

Theme by Anders NorenTopo ↑