Categoria: Risota de Gambas (Page 1 of 19)

O que é o ‘comer’? É um verbo, mas estas não são receitas para ‘chefs’ da gramática. São dicas hilárias para todos aqueles que não sabem o que é quinoa, desconhecem por completo as sementes de chia e nunca viram bagas de goji na vida. Já agora, não tente nada disto em casa, ou em qualquer outro lugar!

Batata Rosti com ‘Ervas’

Há coisas que não deixam de nos fazer sorrir. Para uns ingredientes utiliza-se sempre, sempre o singular: lombo de porco, batata frita, tomate, cebola e paramos aqui apenas por questões de poupança de tempo, espaço e paciência. Para outros ingredientes, lá vem a extravagância do plural. Se é óbvio que batata significa várias batatas, por que razão avançam com ervas no plural? E se a pessoa for pobre e apenas tiver um exemplar do ingrediente, ou, mesmo rica que seja, … Ler mais

Camarões Panados em Coco com Salada de Manga de Alpaca

Esta é a receita que elaborámos para quem quer, num primeiro encontro chez vous, impressionar um recente ou futuro pretendente a amante. Camarões denunciam investimento, mais ainda se ainda vai perder tempo a paná-los. É certo que panar camarões funciona melhor se o marisco não for fresco nem de primeira, pois sempre disfarça a pobreza. Porém, o toque exótico de os panar com coco vai transportar para milhas de distância qualquer raciocínio maldoso que possa ocorrer sobre o assunto … Ler mais

Borrego Guisado com Batata Esmagada e Alcachofra Mas Sem Mé-mé

O meu amor por borregos vivos é diametralmente oposto àquilo que sinto pela sua carne no prato. Não podia odiar mais. Quer dizer, podia, mas acabaria num dos círculos do Inferno de Dante e nenhum deles tem vistas particularmente apetecíveis e eu gosto de uma boa paisagem circundante. Borrego guisado, por sua vez, e já que estamos com vontade de alegorias dantescas, está para mim como bactérias e germes para os hipocondríacos ou maníacos das limpezas. Não consigo, sequer, sentir … Ler mais

Salada Fresca de Agrião com Rabanetes

Entrou-lhe porta dentro uma comitiva familiar de uns parentes que julgava em peregrinação a um hipermercado, visto ser domingo, e que nem lhe deu tempo de informar pelo intercomunicador que não estava em casa e que aquilo era uma gravação, e que estava com todos os sintomas de COVID-19? Sem cerimónias, vão entrando e fazendo brado da fome que têm? Sabemos bem o que isso é e a azia que provoca. Não estais sós nesse odioso inferno, descansai. Nesses casos, … Ler mais

Carne Estufada em Água-Pé e Vinho-Mão Pandémicos

Este é um dos grandes festins do palato. Uma aventura dos sentidos, os quais está prestes a perder, esperemos que não por conta do ingrediente Corona, mas, sim, devido ao elevado teor alcoólico envolvido em todo o processo. Razão pela qual sugerimos que não consuma o preparado no dia da confeção, exceto se, em vez de duas intoxicações alcoólicas ligeiras, preferir uma de proporções bíblicas, o que, nestes bizarros tempos de pandemia, até seria adequado, aceitável e desejável. Se for … Ler mais

Bolo Cremoso de Queijo com Morangos ou Vice-versa

Nojento, não é? Que peregrina ideia concebeu a possibilidade de juntar queijo e morangos e achar que, com isso, obteria um bolo? Parece coisa de pintura surrealista, ou de nerds da cozinha. Claro que suíços (e franceses também, mas deixemos estes para outra receita) – e, agora, atenção aos estômagos mais sensíveis – têm lá o seu fondue de queijo, onde submergem tudo e mais um par de botas, mas eles são suíços, não é? São gente estranha. São ricos … Ler mais

Lombo de Porco Recheado com Frutos Secos Mas Ainda Bons

Claro que somos adeptos dos cinco R e de tudo o que seja reaproveitar e dar segundas oportunidades, que só não erra quem não vive. Um princípio que se aplica inclusive e principalmente na cozinha, onde desperdício é palavra maldita, ainda que possa ser bem pronunciada (se não apanharam esta não vamos pôr-nos a explicar trocadilhos que envolvem maldita e mal dito, ainda que receemos ter acabado de o fazer.)

Vamos, então, por partes. O lombo, obviamente, não entra na … Ler mais

Salada de Couve Roxa com Maçã e Queijo Feta

Que grande ‘feta’ que vai ser! Ainda mal entrámos na cozinha e já sentimos no ar aquele doce odor a sucesso garantido. Há receitas assim, inspiradoras. Ao manusear certos ingredientes, sentimo-nos como malabaristas, perante uma boquiaberta plateia de totós, atirando ao ar, com destreza e habilidade, 13 dos nossos melhores pratos de porcelana, um trio de laranjas do Algarve, o vizinho chato do terceiro esquerdo e ainda aquela moinha que não nos larga sempre que visitamos a sogra, sem nada … Ler mais

Coelho das Beiras e Não do Centro

Apesar de geograficamente bastante específica, a receita não deixa de ser desconcertantemente ambígua. Sabemos de onde deve vir o coelho – das Beiras – ou onde ele deve ficar – na beira do prato ou travessa e jamais no meio? Sendo verdade a primeira formulação de pensamento, a que se inclina para a origem regional do animal, então, referimo-nos ao local de nascimento ou à atual morada do mamífero? E ainda que concordemos às cegas com qualquer uma destas últimas … Ler mais

Cheesecake de Hortelã, Hã!?

Agora, sim, avançámos para o inédito e estupidamente surpreendente universo dos improváveis, novamente. Habituados a ver a nobre hortelã a ser usada e abusava como mero enfeite no topo de bolos e restantes sobremesas, ou, mais atrevidamente em cocktails com abunfante álcool e também na versão sem, resolvemos voltar a dar-lhe o lugar que merece e que lhe é devido nos pratos principais: o de prima ballerina. Destronámos o eterno morango e os omnipresentes frutos do bosque do cheesecakeLer mais

« Older posts

© 2020 Absinto Muito

Theme by Anders NorenTopo ↑