Categoria: Risota de Gambas (page 2 of 14)

Sopa de Peixe e Agrião com Massa

Parece nojento. Estamos bem cientes disso. Sopa. Peixe. Agrião. Massa. Parecem peças desajustadas de um puzzle que não vai acontecer. Há demasiados encaixes sem par ou parceiro adequado à vista. Porém, é destes inesperados e esquizofrénicos casamentos que surgem maravilhas gustativas. Altere-se a ordem dos fatores e já tudo soa melhor. Senão, veja-se a magia a acontecer: Sopa com Massa, Peixe e Agrião. Até já sabe a qualquer coisa de comestível, certo? E se esquecermos de vez a sopa, afinal, … Ler mais

Brownie de Chocolate e Avelãs

Não sou suficientemente versada em culinária para saber quantos tipos de brownies existem, mas estou em crer, na minha santa ignorância – é verdade, a ignorância está santificada –, que falar de brownie de chocolate é uma desmesurada redundância. Um pleonasmo. É tautológico, é o que é. Para mim, um brownie, qualquer brownie, é de chocolate. Não é a este doce e antidepressivo condimento que deve a sua acolhedora cor, a qual deu origem ao nome da gulodice? … Ler mais

Tardes de Gilda

Muitas pessoas, nem imagina quantas, não compreendem esta receita. Simplesmente não conseguem. Há que ser entendido em subentendidos, ser ágil no português e ter alguma cultura cinematográfica. Caso contrário, uma simples e demasiado rápida leitura e já estão todos com a mão na massa, a avançar para uma tarte de gila. Não é disso que falamos. Do que tratamos, nesta não-receita, de divinais contornos, é de um épico do palato artístico, do número um dos tops de sensualidade gustativa. Para … Ler mais

Encamado de Bolacha com Frutos Vermelhos

Esta é uma escabrosa obscenidade do mundo das sobremesas. Uma espécie derivada do delicado cheesecake sem todos os primores da finalização. Uma espécie de sucedâneo do rústico bolo de bolacha, sem a estruturada apresentação deste. Um in between para o qual nem todos têm mão. Tem mão? Então, vamos lá. A bolacha tem de se acasalar entre si com deleites sedutores e apaixonados gestos de intimidade. Caso não consiga este tipo de entendimento, a bolacha jamais se acamará por dá … Ler mais

Creme de Courgette e Coentros BioAgradáveis

Esta seria mais uma receita CCC, não fosse a urgência do bioagradável. São os tempos que correm, pelo que temos de correr com eles, ou seja, a seu lado ou, na pior das hipóteses atrás deles. O que é bom, pois correr abre o apetite e liberta os bofes, pelo que ficará agradavelmente predisposto para a receita que aqui se apresenta e explica. O difícil será obter o tom creme, uma vez que as courgettes têm casca verde-escura e a … Ler mais

Sopa de Peixe e Fumet de Camarão

Cozinhar é uma arte. Como tal, e à semelhança de toda e qualquer arte, ensina-nos uma imensidão de coisas, ou molhos de coisas – já que estamos na cozinha – de que nem n os apercebemos naquele exato momento em que escamamos ou suamos ou o que quer que seja que estejamos a fazer. No momento, apenas o fazemos. Mais tarde, surgem as revelações. Assim, tomando cada receita como uma aula de vida e partindo do generoso, nobre e apaixonante … Ler mais

Bifes de Perumpumpero com Fiambre e Espinafres

Ritmados, cadenciados, andaluzados, salerosos… Estes são aqueles bifes que jamais esquecerá. Não apenas são dançáveis, o que acelera o passo digestivo, como ainda obrigam a parcerias deliciosas, como é o caso do fiambre, para quem gosta, e dos espinafres, para quem aprecia. Se não é o caso, mude já de música, pois por aqui é o que se vai ouvir. Assim, coloque sobre cada bife uma fatia de fiambre – há quem opte por presunto, o que dá aos bifes … Ler mais

Creme de Batata-Doce Amarga e Paprika

Aqui está o inesperado casamento de parceiros díspares, que culmina num par perfeito. Por um lado, a cândida e doce batata, aqui, no seu estado amargo, o que já lhe dá aquele twist. Do outro, a atrevida e acutilante paprika. Da união destas duas resulta um equilibrado e exótico sabor, a lembrar paisagens asiáticas e com notas de fundo de remotos aromas. Julgamos mesmo que, com base nestas duas, até um belo perfume se conseguiria obter, mas deixemos … Ler mais

Empadão de Nabo de Carne de Bacalhau com Puré de Grão-Mestre

Todas as receitas de alma e pendor totalmente contemporâneo, não se limitam a cozinhar ingredientes, elas também mesclam palavras e seus antónimos, ou quase, com habilidades gramaticais de chef, os quais tentam mostrar-nos toda a nossa pouca sofisticação e o seu gigantesco know-how, apenas por enunciar-se o nome das suas criações culinárias. Desconcertante, este é um desses maravilhosos casos da alarvidade gastronómica do momento, em que os cozinheiros insistem em ser chefs, não percebendo que acima destes … Ler mais

Lombos de Pescada à Padeiro

Depois dos Lombinhos à Fiscal da EMEL esta é a receita com mais tweets do momento. Sim, os yuppies são já dinossáuricos e já nem os dicionários urbanos deles se recordam. Os olhos voltaram-se para o passado mais distante, o básico, o tradicional, o simples e depurado e decidiram reinventá-lo, adaptá-lo e, porque não, mastigá-lo. Esta receita é o pináculo desse novo olhar sobre aquilo que servimos à mesa e um piscar de olhos às profissões que agora idolatramos: profissionais … Ler mais

« Older posts Newer posts »

© 2019 Absinto Muito

Theme by Anders NorenTopo ↑