Page 2 of 41

Aquilo Que Mais Queria

Adorava o turno da noite. Não sabe até porque ainda lhe chamava turno da noite, já que não trabalhava a outra hora, pelo que era apenas o seu normal horário de trabalho. Tudo era diferente à noite. O gigantesco aeroporto tornava-se casa e a casa de verdade deixava de a atormentar. A violência verbal dos pais era abafada pelo atrativo som dos motores dos últimos aviões, ou seriam os primeiros? Os olhares abusivos do tio materno não passavam ali pelo … Ler mais

Coisas da Aparência

Ler mais

Salada de Frango e Uvas

Agora, sim, falamos ‘gourmelandês’ com total domínio sobre a matéria. Um prato gourmet é aquele que utiliza apenas coisas simples e acessíveis e as torna soberbas e praticamente inalcançáveis. Comecemos pelo simples frango do campo – somos absolutamente contra aviários ou qualquer outro tipo de ‘fábrica’ de animais – e pelas sofisticadas uvas. A nossa mente livre e espontânea impede-nos de esclarecer de que forma deve cozinhar o frango, pois podemos eleger, sem disso darmos conta, a única forma de … Ler mais

O Cavaleiro da Dinamarca ou antes, o Ginete da Noruega

Depois do muito celebrado Cavaleiro da Dinamarca, o seu primo norueguês, também ele garboso cavaleiro de andanças por este mundo fora, que outro mundo ainda está por descobrir, relata, aqui e em exclusivo, a sua história. Prontos? Ora, então, aqui vamos nós a trote rumo a esse magnífico, surpreendente e relaxante relato de aventuras mil deste bravo ginete.
Ginete, já agora, é um substantivo masculino antepassado do bem mais comum cavaleiro, mas como tudo isto aconteceu antanho, a opção foi … Ler mais

Coisas do ‘Deslinguajar’

Ler mais

Salada de Búzios com Futuros Risonhos

Ideal para mães de santo. Não apenas é uma receita deliciosa como poucas outras, como ainda recicla as conchas dos búzios – quase um oxímoro –, os quais poderá utilizar em leituras futuras, que o destino esconde-se em coisas tão alternativas quanto carapaças de moluscos e assim, como bem sabem os videntes deste e de outros mundos, universos paralelos incluídos, que aqui não somos de exclusões. O busílis da questão, aqui, é ter o tipo de búzios certo, já que … Ler mais

As Coisas Que Fazemos

Na mesa ao lado, uma americana falava alto e alarvemente, como, de resto, todos os norte-americanos fazem, principalmente aqueles que vamos encontrando fora dos Estados Unidos. Como se, hoje, meio mundo e mais um quarto não compreendesse tudo aquilo que é dito ou escrito em inglês. Será que falarão igualmente tão alto, sem respeito pelos circundantes, sem consideração pela sua própria privacidade e daquilo que vão debitando, quando estão nas cercanias das suas casas? Usarão dos mesmos altos índices de … Ler mais

Coisas da Noite

Ler mais

Falhados de Frango e Legumes

Felizmente, não nos pedem frangos falhados, nem saberíamos onde procurá-los, exceto se falhado fosse um eufemismo de frango do aviário, esses infernos onde nascem e crescem os mais desafortunados galináceos do planeta. Assim, a tarefa surge, desde logo, mais exequível. Pelo que julgamos saber, o falhado de que aqui se fala é daqueles pastéis de massa… folhada, é isso. Assim, estenda a dita massa, que também pode ser um total falhanço, logo depois de feita com aquela dose incerta de … Ler mais

O Tesouro do Ceguinho (Spoiler Alert): É Não Ver

É verdade. Já não se diz cego, pior ainda ceguinho, que é mesmo o cúmulo de todos os pináculos, porque não é inclusivo. Agora, o correto é falar em invisual, perdão, isso também foi aqui há atrasado, o correto é pessoa com deficiência visual. Acontece que entendemos que há vários tipos de insuficiência ou deficiência visual, sendo a mais grave, não a total cegueira, mas as vistas curtas, já que estas encurtam tudo o resto na vida, enquanto a cegueira … Ler mais

« Older posts Newer posts »

© 2019 Absinto Muito

Theme by Anders NorenTopo ↑