Page 2 of 36

Coisas do Rumor Maligno

Ler mais

Sopa de Peixe e Agrião com Massa

Parece nojento. Estamos bem cientes disso. Sopa. Peixe. Agrião. Massa. Parecem peças desajustadas de um puzzle que não vai acontecer. Há demasiados encaixes sem par ou parceiro adequado à vista. Porém, é destes inesperados e esquizofrénicos casamentos que surgem maravilhas gustativas. Altere-se a ordem dos fatores e já tudo soa melhor. Senão, veja-se a magia a acontecer: Sopa com Massa, Peixe e Agrião. Até já sabe a qualquer coisa de comestível, certo? E se esquecermos de vez a sopa, afinal, … Ler mais

João e o Pé de Feijão e As Falsas Verdades Gigantes

Jota – apenas para não cair na desgraça e no simultâneo embaraço de dizer que se chamava João Jacinto José Jaime Januário, como se fosse filho, neto e bisneto de padres ou apenas fruto de gente sem apelidos ou imaginação e escolaridade suficiente para chegar a outras letras do alfabeto –, olhava para a chefe em modo de observação pura. Tentando avaliar qual seria a resposta correta àquela pergunta manhosa. Tão simples e direta. Aquilo só podia trazer rasteira.

– … Ler mais

Coisas da Propulsão

Ler mais

Brownie de Chocolate e Avelãs

Não sou suficientemente versada em culinária para saber quantos tipos de brownies existem, mas estou em crer, na minha santa ignorância – é verdade, a ignorância está santificada –, que falar de brownie de chocolate é uma desmesurada redundância. Um pleonasmo. É tautológico, é o que é. Para mim, um brownie, qualquer brownie, é de chocolate. Não é a este doce e antidepressivo condimento que deve a sua acolhedora cor, a qual deu origem ao nome da gulodice? … Ler mais

Xantungue, LãTerna e Musseline

Se não entrasse vivalma dentro de cinco minutos – tinha dito a si mesmo que se atreveria a tanto –, enroscar-se-ia nos arrumos do pequeno armazém das traseiras da loja, paredes meias com esta, para uma sesta ou algo parecido, com o corpo amparado pelos rolos de tecido que ali se guardavam. Por norma, restos da coleção anterior, rolos com pouco tecido – os quais mal daria para uma minissaia, razão pelo qual eram retirados do expositor principal, na loja, … Ler mais

Coisas da Loucura

Ler mais

Tardes de Gilda

Muitas pessoas, nem imagina quantas, não compreendem esta receita. Simplesmente não conseguem. Há que ser entendido em subentendidos, ser ágil no português e ter alguma cultura cinematográfica. Caso contrário, uma simples e demasiado rápida leitura e já estão todos com a mão na massa, a avançar para uma tarte de gila. Não é disso que falamos. Do que tratamos, nesta não-receita, de divinais contornos, é de um épico do palato artístico, do número um dos tops de sensualidade gustativa. Para … Ler mais

A Riqueza e a Fortuna ou o Bígamo Traído

Ele desesperava.

– Já está a dar o anúncio do Gino-Canesten e o jantar ainda não está na mesa? Não tardam os do Imodium Rapid e nada de jantar? A que se deve tanto atraso? O que anda a cozinheira a fazer?

– A cozinheira? Que conversa é essa? Agora sou tua cozinheira? Estive o dia todo a trabalhar como tu. Levanta o rabo do sofá e vem já fazer o arroz, se queres jantar mais cedo. Sozinha a fazer … Ler mais

Coisas do Xau Xau

Ler mais

« Older posts Newer posts »

© 2018 Absinto Muito

Theme by Anders NorenTopo ↑